França vai proibir embalagens plásticas em frutas e vegetais

11/11/2021

Imagem - Torre Eifel na frança coberta de plástico. Foto: Recicla Sampa

Torre Eifel na frança coberta de plástico. Foto: Recicla Sampa

Implementando uma lei de fevereiro de 2020, o Ministério do Meio Ambiente francês publicou uma lista de cerca de 30 frutas e vegetais que deverão ser vendidos sem embalagem de plástico a partir de 1º de janeiro. 

A lista, que inclui frutos como berinjela, alho-poró, e tomate redondo, bem como maçãs, bananas e laranjas, faz parte de uma iniciativa governamental plurianual para eliminar o plástico

"A luta contra a poluição do plástico continua! E, desta vez, é na hora de ir às compras que você verá a mudança: as embalagens de plástico em torno de frutas e vegetais serão gradualmente banidas. #LoiAntiGaspillage", disse o ministério em um comunicado via Twitter.

A estimativa é de que 37% das frutas e verduras sejam vendidas com embalagens. Com a proibição, o governo espera que a medida impeça o uso de um bilhão de embalagens plásticas por ano.

Para outros alimentos como tomates, feijões e pêssegos, as embalagens de plástico serão proibidas até o final de junho de 2023, e até o final de 2024 para aspargos, cerejas, cogumelos, algumas saladas e ervas em geral.

A expectativa é que até o final de junho de 2026, framboesas, morangos e outras frutas delicadas também devem ser vendidas sem plástico.

Como parte da iniciativa governamental, no começo deste ano, o país proibiu canudos, copos e talheres de plástico, bem como caixas de isopor para viagem

VOCÊ PODE AJUDAR!

Enquanto não temos uma lei dessas no Brasil, o seu papel é fundamental para a redução do uso do plástico ou para seu reaproveitamento.

Uma primeira dica é verificar se a produção do que você anda usando em casa é feita com plástico reciclável. Para isso, basta procurar o símbolo da reciclagem nas embalagens. São aquelas setinhas que apontam uma para outra em formato triangular.

A segunda dica é separar o lixo em dois: comum e reciclável. Assim, você garante que os resíduos plásticos sejam encaminhados para uma Central Mecanizada de Triagem ou para uma cooperativa de catadores de lixo reciclável.

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados