PepsiCo instala tecnologia solar brasileira em seus caminhões

19/08/2020

Imagem - Além disso, a multinacional também anunciou a compra de 18 caminhões movidos a gás natural

Além disso, a multinacional também anunciou a compra de 18 caminhões movidos a gás natural

A empresa norte-americana, PepsiCo, de alimentos e bebidas, e a Sunew, companhia brasileira de películas fotovoltaicas solares, se uniram para o desenvolvimento de um projeto de energia solar para caminhões de distribuição.

A Sunew instalou placas solares ou Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV) em 10 veículos da frota da distribuição da PepsiCo. Trata-se de um projeto piloto para melhorar a recarga de bateria dos caminhões e o sistema de iluminação. O objetivo é expandir a solução de energia limpa para os veículos da empresa.

“A PepsiCo tem o compromisso de tornar a sua cadeia logística cada vez mais sustentável, aliando o fornecimento de suprimentos aos consumidores ao desenvolvimento econômico e social, enquanto ajuda a proteger o planeta e a diminuir impactos. Este projeto em parceria com a Sunew, em conjunto com outras inciativas, como a inclusão de veículos movidos à GNV, e outros elétricos, visam contribuir para mitigar as nossas emissões de CO2 no meio ambiente, com meta global de redução de 20% até 2030", afirma Eduardo Sacchi, diretor sênior de Supply Chain da PepsiCo Brasil.

Segundo Tiago Alves, CEO da Sunew, deve-se repensar a mobilidade de forma ecológica e com menos impacto ambiental. "O pioneirismo em investir em uma tecnologia mais limpa para sua frota de distribuição é um grande exemplo para a construção de um futuro mais sustentável no país e no mundo", disse. Um dos objetivos da parceria é evitar a emissão de gases de efeito estufa, fator que colabora com o aquecimento global.

Além dessa ação, a PepsiCo anunciou, em junho, a compra de 18 caminhões Scania movidos a gás natural, ou biometano. Foi a maior aquisição de veículos com essa tecnologia na história do país. Em março deste ano, a empresa adquiriu caminhões elétricos para a distribuição dos salgadinhos de sua marca para comércios de pequeno e médio porte. A meta é expandir o uso de energia limpa pela empresa, com o objetivo de transformar sua frota em 100% sustentável.

Fonte: Ciclo Vivo

Texto produzido em 22/07/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados