Recicla Sampa - Carnaval de SP conta com mapa que localiza lixeiras próximas ao folião
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Carnaval de SP conta com mapa que localiza lixeiras próximas ao folião

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Pontos de Entrega Voluntária estão espalhados por toda cidade. Foto: Amlurb

A cidade de São Paulo contará com aproximadamente 700 bloquinhos e mais de 15 milhões de pessoas nesse Carnaval, de acordo com estimativas da Prefeitura. É tanta gente e animação pelas ruas que o órgão municipal criou o “Manual do Folião 2020”, um roteiro onde é possível acessar as atrações em cada região e saber o dia e o horário. Ele aponta também os endereços mais próximos de postos médicos, praças de alimentação e banheiros químicos.

Para ajudar ainda mais o folião, existe um mapa para guiá-lo até a lixeira mais próxima, chamado “Carnaval 2020 PEVs – Pontos de Entrega Voluntária”. Com milhões de pessoas pela cidade consumindo e descartando, a iniciativa é fundamental para manter a cidade limpa e evitar o lixo no chão.

Só nesse Pré-Carnaval de rua (15 e 16/02) de São Paulo foram coletadas mais de 205 toneladas de resíduos. “Descartar corretamente é o mínimo que podemos fazer”, disse a vereadora Soninha Francine, criadora da ação em sua rede social. O roteiro indica aproximadamente 100 PEVs que estão localizados nas principais regiões de São Paulo que recebem os bloquinhos.

Para a comissária de bordo, Raquel Vilar, de 32 anos, o mapa interativo será muito útil para zelar pela vizinhança.

“Eu moro na zona oeste, mas gosto de passar o carnaval de rua na Vila Mariana, na região centro-sul, é um local muito residencial. Não custa nada saber onde está o ponto de coleta mais próximo para deixar o bairro do outro limpo, afinal a festa acaba, mas os moradores permanecem", disse”.

Para se ter uma ideia, no ano passado, a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) coletou cerca de 916 toneladas de resíduos entre os dias 23 de fevereiro e 10 de março, metade dos materiais recolhidos em 2019, cerca de 458 toneladas, seguiu para a coleta seletiva, o que permitiu gerar uma renda média de aproximadamente R$ 91,5 mil reais para cerca de mil famílias que atuam nas cooperativas.

Para 2020, a Amlurb montou uma megaoperação de coleta e limpeza: cerca de 2.947 funcionários, entre varredores, motoristas e ajudantes de serviços já estão pelas ruas trabalhando.

A cidade também conta com uma frota de 320 veículos, entre caminhões compactadores, veículos de lavagem e varredeiras mecanizadas. Além disso, os foliões terão à disposição 505 contêineres, 1.140 cestos aramados e 247 Pontos de Entrega Voluntária (PEV’s) que recebem os resíduos recicláveis (vidro, papel, metal e plástico).  

A autarquia enviará 100% dos resíduos coletados durante a varrição para as duas Centrais Mecanizadas de Triagem, máquinas automatizadas que têm a capacidade de selecionar mais de 250 toneladas de materiais recicláveis por dia. 

Texto produzido em 21/02/2020


Últimas

Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024
Notícias

O que é Ecodesign e qual sua importância para a sustentabilidade

Tendência busca minimizar impactos ambientais durante o ciclo de vida dos produtos

12/06/2024
Notícias

São Paulo tem o maio mais quente em 81 anos

Entenda como a reciclagem contribui para conter o aquecimento global

11/06/2024