Recicla Sampa - SP reforça coleta para ampliar quantidade de recicláveis no Carnaval
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

SP reforça coleta para ampliar quantidade de recicláveis no Carnaval

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Megaoperação enviará materiais para tecnologias que separam resíduos de forma automatizada. Foto: Atelier de Imagem e Comunicação

Esse ano, a capital paulista promete ser a maior festa de Carnaval do país. Com cerca de 700 bloquinhos passando pelas ruas, 38,5% a mais do que em 2019, a previsão é que mais de 15 milhões de pessoas comemorem a data na cidade, de acordo com estimativas da Prefeitura.

A ocupação nas ruas entre os dias 15 de fevereiro (pré-carnaval) e 1º de março (pós-carnaval) projeta um impacto econômico que deve ultrapassar as cifras de 2019, que movimentou 2,3 bilhões de reais, segundo pesquisa do Observatório do Turismo da Prefeitura.

Diante de tanto movimento, órgãos públicos e catadores precisam se preparar para o aumento de pessoas na cidade e consequentemente para a grande quantidade de lixo gerada nessa época. A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) montou uma megaoperação para destinar corretamente os resíduos produzidos: cerca de 2.947 funcionários, entre varredores, motoristas e ajudantes de serviços já estão pelas ruas trabalhando.

A cidade também conta com uma frota de 320 veículos, entre caminhões compactadores, veículos de lavagem e varredeiras mecanizadas. Além disso, os foliões terão à disposição 505 contêineres, 1.140 cestos aramados e 247 Pontos de Entrega Voluntária (PEV’s) que recebem os resíduos recicláveis (vidro, papel, metal e plástico).  

Pelo segundo ano consecutivo, a autarquia enviará 100% dos resíduos coletados durante a varrição para as duas Centrais Mecanizadas de Triagem, máquinas automatizadas que têm a capacidade de selecionar mais de 250 toneladas de materiais recicláveis por dia. Os locais contam com esteiras, leitores óticos e outros equipamentos que separam os recicláveis por categoria (papéis, plásticos, metais, vidros e embalagens do tipo Tetra Pak), tamanho e cor. O objetivo é reciclar o máximo possível.

Só nesse Pré-Carnaval (15 e 16/02) de rua de São Paulo foram coletadas mais de 205 toneladas de resíduos. Na última edição, a Amlurb recolheu cerca de 916 toneladas de entre os dias 23 de fevereiro e 10 março de 2019, somando os desfiles de rua e Sambódromo do Anhembi - a expectativa para esse ano é coletar 5% a mais.

“A operação de limpeza do Carnaval de rua e Sambódromo é sempre uma grande festa. Nós preparamos tudo pensando no bem estar dos foliões que querem curtir toda a programação, assim como os trabalhadores que precisam das vias liberadas no dia seguinte. É gratificante ver a limpeza pós bloco, parece mágica, mas se trata de uma megaoperação da organização do Carnaval”, finaliza Edson Tomaz de Lima Filho, Presidente da Amlurb.

Fonte: Amlurb

Texto produzido em 18/02/2020


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024