Polonesa produz embalagem de alimentos comestível e compostável

14/10/2020

Imagem - Após a utilização, a embalagem pode ser consumida ou devolvida para a natureza. Foto: Casa Abril

Após a utilização, a embalagem pode ser consumida ou devolvida para a natureza. Foto: Casa Abril

Você já deve ter ouvido a expressão “estou com tanta fome que comeria até a embalagem do pacote de bolachas”. Bom, isso já é possível. Uma designer polonesa, Roza Janusz, desenvolveu um material para embalar alimentos biodegradável e comestível, feito a partir do subproduto da Kombucha, bebida feita por meio da fermentação do chá.

O material é uma ótima alternativa para embalar produtos secos e garante até seis meses de conservação. De acordo com Roza, essa embalagem não permite a entrada de oxigênio, preservando a qualidade do alimento.

Após a utilização, a embalagem pode ser consumida ou devolvida para a natureza. “O produto é compostável e nutritivo para o nosso intestino. Também é benéfico para o solo por causa das bactérias saudáveis”, contou ao site de notícias Dezeen.

O item ainda é um experimento e não pode ser encontrado nas gôndolas de supermercados. O problema principal para a produção em massa é a demora da fermentação da Kombucha, que demora em torno de duas semanas. Por enquanto, a designer tem feito novos testes e estudos para viabilizar a fabricação em larga escala.

Fonte: Casa Abril

Texto produzido em 16/04/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados