Recicla Sampa - Marca de materiais de construção fabricará telha fotovoltaica
Recicla Sampa
sp156

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços de coleta domiciliar de resíduos sólidos, limpeza urbana e varrição pública entre em contato com o 156 ou clique aqui.

Marca de materiais de construção fabricará telha fotovoltaica

Veja outros artigos relacionados a seguir

Foto1
Material será feito de concreto. Foto: Eternit / Divulgação

A Eternit, marca conhecida de materiais de construção, recebeu recentemente o registro do INMETRO para fabricar a telha fotovoltaica de concreto BIG-F10, primeira telha de concreto com tecnologia desenvolvida no Brasil, que capta a energia do sol para a produção de energia elétrica por meio de células fotovoltaicas aplicadas diretamente no produto, sem a necessidade de painéis adicionais.

“Somos a única companhia brasileira a produzir localmente um produto revolucionário que irá ajudar a diminuir o consumo de energia tradicional de forma ecológica, ao mesmo tempo em que promove eficiência no uso”, afirma Luís Augusto Barbosa, presidente do Grupo Eternit.

A Tégula Solar, empresa que pertence ao Grupo Eternit, iniciou a produção sob demanda na fábrica de Atibaia, no interior de São Paulo, para projetos-pilotos em parceria com clientes selecionados em locais residenciais, comerciais e de agronegócio. Com capacidade total de 11 MWp/a (11 Megawatts-pico ao ano) em geração de energia, a unidade recebeu a instalação de equipamentos nacionais e importados, e adaptou sua infraestrutura para a fabricação da nova linha de produtos de alta tecnologia. As vendas para o mercado consumidor estão previstas em todo o país para o primeiro semestre de 2021.

Economia na energia elétrica

Cada telha produz 9,16 watts de energia e tem dimensão de 365 X 475 mm. A capacidade de produção energética de uma única telha é de 1,15 kilowatts hora por mês (kwh/mês). A estimativa é que essa tecnologia seja vantajosa para o consumidor ao permitir entre 10% e 20% de economia no valor total da compra e da instalação da telha fotovoltaica, em relação aos painéis solares montados em cima de telhados comuns. O retorno sobre investimento ocorre dentro de um período relativamente curto, de 3 a 5 anos, dependendo do sistema.

A quantidade de telhas fotovoltaicas necessária para o funcionamento de uma casa depende do quanto ela gastará de energia, da localização do imóvel, inclinação e orientação em relação ao sol, entre outros fatores. Por exemplo, uma residência pequena pode ter aproximadamente de 100 a 150 telhas. Casas de médio porte e de alto padrão, de 300 a 600 unidades ou mais. O restante do telhado pode ser feito com telhados comuns, garantindo um encaixe perfeito e proporcional, valorizando a estética.

Fonte: Tem Sustentável

Texto produzido em 30/09/2020


Últimas

Dicas de Reciclagem

Brasil produz 2,4 milhões de toneladas de eletrolixo por ano

Entenda o que é saiba onde descartar lixo eletrônico na cidade de São Paulo

18/06/2024
Notícias

São Paulo lança programa para melhorar gestão de resíduos

Projeto busca modernizar infraestrutura de tratamento e destinação do lixo no estado

17/06/2024
Notícias

Brasil reciclou seis mil toneladas de latas de alumínio desde 1990

Circularidade do material gera emprego e renda para 800 mil catadores de lixo reciclável

14/06/2024
Notícias

Governo Federal anuncia investimentos em cooperativas de reciclagem no Brasil

Liberação de R$ 8 milhões vai beneficiar mais de 15 entidades e associações do setor

13/06/2024