Menina de nove anos cria aquecedor de água com material reciclado

13/05/2020

Imagem - A mexicana Xóchitl Guadalupe Cruz López foi premiada com invenção que não causa impactos à natureza. Foto: Heraldo de México / Especial

A mexicana Xóchitl Guadalupe Cruz López foi premiada com invenção que não causa impactos à natureza. Foto: Heraldo de México / Especial

As futuras gerações precisam estar conscientes de suas responsabilidades com o futuro do planeta. E a mexicana Xóchitl Guadalupe Cruz López, de apenas 9 anos, parece já estar bem ciente da missão que carrega. A pré-adolescente desenvolveu um aquecedor feito a partir de materiais recicláveis e movido a luz do sol. A invenção foi premiada oficialmente devido sua grande contribuição à ciência.

Desde os 4 anos de idade, a garotinha demonstra interesse em desenvolver novas coisas. O equipamento foi inteiramente confeccionado com resíduos recicláveis, como garrafas PET e vidro. O aparelho é constituído por duas portas de vidro, garrafas para armazenamento e mangueiras para conectar o objeto ao tanque de água. Tudo isso operado por meio de energia solar, uma fonte renovável que não causa impactos à natureza.

O invento foi instalado e testado no telhado de sua casa com o auxílio do pai. O propósito da criação é que pessoas de baixa renda possam desfrutar de água quente em seus lares sem recorrerem ao corte de árvores para captação de lenha, contribuindo negativamente com o desmatamento e o aquecimento global. Além disso, a matéria-prima reciclada resulta em baixo custo de fabricação, sendo ainda mais acessível à população carente.

Após tomar conhecimento do aparelho, a UNAM (Universidad Nacional Autónoma de México) decidiu premiar a conquista. A garota recebeu o Reconhecimento ICN à Mulher, condecoração criada pelo Instituto de Ciência Nuclear que tem como objetivo celebrar e homenagear mulheres que colaboram para o desenvolvimento e inovações científicas no país.

Xóchitl Guadalupe foi a primeira criança a receber a condecoração e suas invenções não devem parar por aí. De acordo com o site GreenMe, a mexicana tem a intenção de elaborar um aquecedor maior e com potência superior e, para isso, está em busca de parcerias com universidades e pesquisadores.

Fontes: Green Me, Hypeness

Texto produzido em 22/11/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados