Jornalista debate sobre valor da comunicação para sustentabilidade

18/12/2020

Apesar de tantas informações sobre a importância da reciclagem, cenas de sofás, colchões e outros utensílios descartados em rios, córregos e calçadas ainda são frequentes. Para a jornalista chilena Paulina Chamorro esse tipo de comportamento ainda é fruto da falta de informação. Foi ela que o Recicla recebeu para um bate papo em um dos episódios da nova Websérie do movimento.

"Nosso papel como comunicador é apoiar e contribuir para ampliar as vozes sobre o meio ambiente e disseminar a informação para o maior número de pessoas possível", diz.

Uma pesquisa da consultora global Ipsos, publicada em 2019, aponta que a maioria dos brasileiros não sabe como funciona a coleta seletiva de recicláveis e desconhece sobre os tipos de materiais que são reaproveitáveis. O estudo chamado “Um Mundo Descartável - O Desafio das Embalagens e do Lixo Plástico” perguntou se as pessoas acham que as regras de reciclagem de lixo doméstico são claras. Cerca de 54% dos entrevistados responderam que não.

Diante desse cenário, qual é o papel da comunicação na divulgação, discussão e popularização das questões relacionadas a coleta seletiva e meio ambiente? É esse o debate a que se propõe o apresentador Cazé Peçanha, o repórter ambiental americano Matthew Shirts e a jornalista Paulina Chamorro.

Paulina é chilena, radicada no Brasil, e possui mais de 20 anos de experiência com jornalismo ambiental. Trabalhou durante muitos anos nos jornais do Grupo O Estado de S.Paulo e na Rádio Eldorado, criando e executando estratégias de comunicação ambiental.

Durante três anos, ela percorreu toda a costa brasileira realizando o projeto Mar Sem Fim, série de documentários exibida pela TV Cultura. Além disso, a jornalista recebeu duas vezes o prêmio socioambiental Chico Mendes, um dos mais importantes do país na área de meio ambiente. Ela também é fundadora da Liga das Mulheres pelo Oceano, colaboradora na National Geographic Brasil e há quatro anos apresenta o Podcast Vozes do Planeta, que pode ser acessado pelo Spotify.

Para ela, o cenário ambiental evoluiu nos últimos vinte anos, apesar de ainda ter muito a ser feito.

“Talvez, possamos ter avançado em fazer compreender coisas que não se achava tão importante como, por exemplo, a questão da importância da reciclagem”, afirma.

Imagem - A especialista fala ainda sobre a situação do consumo e reciclagem de plástico no Brasil. Foto: Recicla Sampa

A especialista fala ainda sobre a situação do consumo e reciclagem de plástico no Brasil. Foto: Recicla Sampa

Ao longo do programa, a especialista fala ainda sobre a situação do consumo e reciclagem de plástico no Brasil e os desafios que ainda encontramos nesse setor. “Nós sabemos quais são as soluções: a introdução da economia circular, parar de usar, mudar a forma de produção e outros fatores. A grande pergunta é ‘por que não estamos conseguindo virar a chave?’”, questiona.

Confira o vídeo acima com o conteúdo da entrevista na íntegra.

Você também pode acompanhar outros debates importantes do Podcast do Recicla. Confira a lista dos participantes:

- Andrea Alvares, vice-presidente de marca, inovação, internacionalização e sustentabilidade da Natura;

- Amanda Cruz, embaixadora na ONU e Idealizadora do Climathon Brasil e Perifa Sustentável;

- Carioca, presidente da Cooperativa de Coleta Seletiva de São Paulo;

- Carlo Pereira, diretor-executivo do Pacto Global da ONU;

- Carlos Antônio, catador de resíduos da capital;   

- Luciano Loubet, promotor de Justiça (MS);

- Mateus Mendonça, sócio-diretor da consultoria Giral;

- Mundano, Criador do PIMP MY CARROÇA;

- Paulo Artaxo, cientista, físico e professor da USP;

- Ricardo Abramovay, professor de Filosofia da USP;

- Suzana Kahn, professora de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Texto produzido em 17/12/2020

Tags: entrevistas, matérias, vídeos
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados