Produtos reutilizáveis são mais seguros durante pandemia, diz Greenpeace

05/08/2020

Imagem - Tanto os descartáveis quanto os produtos reutilizáveis devem ser higienizados com desinfetantes domésticos como sabão e detergente. Foto: Freepik

Tanto os descartáveis quanto os produtos reutilizáveis devem ser higienizados com desinfetantes domésticos como sabão e detergente. Foto: Freepik

Durante o isolamento social, para se proteger contra o Coronavírus, os pedidos de comida por delivery aumentaram cerca de 30%, de acordo com o aplicativo Rappi em uma entrevista ao portal de notícias Huffpost.

Apesar da praticidade da entrega de refeições, o número de pedidos aumenta o excesso de resíduos gerados em casa devido às embalagens. Há quem acredite até que os descartáveis são mais seguros contra a Covid-19, já que são dispensados. Um estudo da Universidade de Princeton, na Califórnia, apontou que o vírus pode sobreviver por até 72 horas em superfícies plásticas, colocando em xeque e desconfiança alguns itens reutilizáveis.

Porém, de acordo com o Greenpeace dos Estados Unidos o plástico descartável não é mais seguro do que os produtos reutilizáveis, pois o vírus pode permanecer infeccioso em ambas as superfícies por períodos variados.

O Greenpeace fez esse comunicado endossado por mais de 100 especialistas em saúde de todo o mundo. Segundo os estudiosos, tanto os descartáveis quanto os produtos reutilizáveis devem ser higienizados com desinfetantes domésticos como sabão e detergente.

A preocupação global com a Covid-19 incitou o consumo em massa de embalagens plásticas de uso único como potes de isopor para armazenar comida que chegam por meio de delivery, garrafas plásticas, sacolas, além das máscaras e luvas descartáveis.

De acordo com o Greenpeace, o uso massivo de plástico durante esse período pandêmico terá sérios impactos negativos para o meio ambiente e prejudicará os esforços mundiais dos últimos anos para combater a poluição desenfreada.

"Tem sido chocante testemunhar que a indústria do plástico aproveita a pandemia para promover plásticos descartáveis", disse Graham Forbes, líder global do projeto do Greenpeace USA.

"É crucial que empresas e governos saibam que, à medida que reabrem, sistemas reutilizáveis podem ser implantados com segurança para proteger nosso ambiente, trabalhadores e clientes.

Fonte: Uol

Texto produzido em 22/07/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados