Subway lança campanha contra o uso de plásticos

13/05/2020

Imagem - Empresa quer extinguir o uso de descartáveis. Foto: Freepik

Empresa quer extinguir o uso de descartáveis. Foto: Freepik

A cadeia de restaurantes Subway decidiu tomar uma atitude em combate à poluição de plásticos nos mares. A rede anunciou na América Latina o lançamento do projeto #NãoSalvemOsCanudos, que tem como objetivo extinguir o uso de descartáveis em seus estabelecimentos e buscar alternativas ambientalmente corretas.

Resultado de uma parceria com a Posibl, empresa multimídia envolvida no desenvolvimento de conteúdos e iniciativas de impacto social, a ação consiste em quatro diferentes fases. A primeira disponibiliza notícias e fotos sobre proteção ambiental em um hotsite especial da ação. O movimento ainda incentiva seus visitantes a contribuírem com a Fundação Chelonia, organização sediada em Porto Rico que trabalha em prol da preservação de praias e localidades em que as tartarugas marinhas estão em risco de extinção. Segundo o site Meio&Mensagem, somente nesse primeiro estágio, a instituição planeja reduzir em 50% o consumo de plástico.

A proposta, presente em unidades da loja no Brasil, também acontece em países como México, Argentina, Colômbia, Chile, Costa Rica, Porto Rico, Panamá, Guatemala, Honduras, El Salvador, Peru, Uruguai, e República Dominicana. Ao longo das etapas seguintes, a corporação pretende adquirir e disponilizar opções sustentáveis que cumpram a função dos utensílios plásticos.  

“Estamos comprometidos com a redução de todos os problemas envolvendo o plástico de uso único, onde e quando seja prático e seguro fazê-lo. Como consequência, também devemos ser transparentes sobre o que podemos e não podemos ter”, afirma Jesus Rodriguez, gerente de relações públicas e responsabilidade social corporativa da marca na América Latina.

A ideia surgiu após um experimento aplicado pela rede na Costa Rica em 2017 e 2018. Durante o período, a Subway conseguiu diminuir a demanda de canudos em 47% e de tampas em 49%. A expectativa agora é definir uma data para o fim da utilização do material nas unidades.

Fontes: Meio&Mensagem

Texto produzido em 03/10/2019

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados