Alemanha extinguirá plástico descartável em 2021

31/08/2020

Imagem - A resolução alemã vai ao encontro das diretrizes da União Europeia, que, em forma de lei, proibirá 10 itens plásticos. Foto: Freepik

A resolução alemã vai ao encontro das diretrizes da União Europeia, que, em forma de lei, proibirá 10 itens plásticos. Foto: Freepik

Quando se trata de melhores índices de reciclagem no mundo, existem três países que estão no ranking e quem lidera é a Alemanha (seguido da Coreia do Sul e da Áustria). Para se ter uma ideia, os alemães enviam 0% de lixo aos aterros sanitários.

Além de ter um processo de reciclagem exemplar, a Alemanha mostra para o planeta que sempre é possível melhorar um pouco mais. A partir de 2021, será proibida a comercialização de plásticos descartáveis como canudos, cotonetes e recipientes para alimentos.

A resolução alemã vai ao encontro das diretrizes da União Europeia, que, em forma de lei, proibirá 10 itens plásticos a partir de 2021. Com isso, o território alemão não poderá mais comercializar talheres, pratos, agitadores de bebidas, copos e isopor. Até mesmo bioplásticos não circularão pelo país.

Segundo a ministra do Meio Ambiente, Svenja Schulze, a ação levará a melhores, inovadoras e ecológicas soluções. Ela também acredita que isso ajudará a coibir a cultura de que é preciso jogar resíduos fora, no lixo. "É importante lembrar que do ponto de vista da Terra não existe “fora", disse à imprensa.

Os plásticos que serão proibidos no país são, hoje em dia, os resíduos mais comuns gerados entre os alemães. De acordo com dados da Agência Federal do Meio Ambiente (UBA), o país teve um recorde de 18,7 milhões de toneladas de resíduos de embalagens em 2017.

 A Alemanha também estima que até 20% do lixo coletado em parques e espaços públicos são plásticos descartáveis, principalmente o isopor. A proibição entrará em vigor a partir de 3 de julho de 2021.

Fonte: Só Notícia Boa

Texto produzido em 20/07/2020

Tags: notícias
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados