Caminhão de coleta de resíduo reciclável. Foto: Antônio Brasiliano

Conheça dicas de reciclagem que vão facilitar sua rotina

17/12/2020

Muitas pessoas, ao separar os resíduos em suas casas, entre reciclável e comum, ainda têm dúvidas e podem acabar misturando restos de comida com materiais que são passíveis de reaproveitamento.

É sempre importante lembrarmos que, mesmo com sistema de coleta das cidades, o trabalho de reciclagem começa dentro da nossa casa. O comportamento que temos na hora de separar os resíduos é fundamental para garantir o processo de reciclagem.

O primeiro passo para aderir a uma coleta seletiva mais assertiva é escolher duas lixeiras de cores diferentes para os dois tipos de resíduos: o comum e o reciclável. Lembre-se que, geralmente, os produtos mais secos, como papel, metal, plástico e vidro são passíveis de reciclagem e itens mais úmidos, como resto de comida, papel de pizza engordurado, papel higiênico usado, absorvente e outros podem ser lançados na lixeira comum.

Cartelas de comprimidos e bandejas de isopor também devem ser descartadas com o reciclável, pois podem se transformar em  matéria-prima para diversos produtos, como blocos da construção civil.

Imagem - Saber separar os resíduos corretamente ajuda o meio ambiente. Foto: Recicla Sampa

Saber separar os resíduos corretamente ajuda o meio ambiente. Foto: Recicla Sampa

É importante ainda que as embalagens plásticas sejam higienizadas (de preferência, com água de reúso, como a da máquina de lavar), as caixas de papelão dobradas (para economizar espaço), os vidros embalados em jornal ou papelão, caso estejam quebrados, para não machucar quem os manuseia. Os papéis podem ser dobrados, porém, não devem estar amassados.

Com essa simples atitude de separar o lixo em dois é possível ajudar não só o meio ambiente, mas também muitas famílias de catadores que dependem da venda dos materiais recicláveis para geração de renda.

Recicle!

Texto produzido em 14/12/2020

Tags: matérias, vídeos
Espalhe essa informação

Assuntos Relacionados